Onde comer bem e (muito) barato em Bangkok

Em uma viagem pro Sudeste Asiático dá pra comer bem sem gastar muito, especialmente se você tiver coragem de encarar a comida de rua. Mas, esse não era nosso caso, o Guilherme ficava meio em pânico olhando praquelas barraquinhas.

Comida de rua em Kuala Lumpur. Essa tava até bonitinha. 

Chegando em Bangkok, fomos passear no shopping Terminal 21, que era pertinho do nosso hotel. O shopping é bem legal, a decoração de cada piso é temática, sobre diferentes lugares do mundo. Tem Londres, São Francisco, Roma, Tóquio, Paris. Dê uma passada nos banheiros também, a decoração deles também muda em cada andar!

 
Pisos São Francisco e Londres no Terminal 21

Mas o melhor é o quinto piso, onde está a praça de alimentação (food court). São as mesmas comidas de rua, mas com uma pequena diferença: limpeza garantida!

Tem de tudo por lá: sopa, arroz, sobremesa, suco, fruta. E tudo MUITO barato. Nas fotos abaixo, por exemplo, os pratos custavam 40 baht em média, e as sobremesas 15 baht.

Funciona assim: você vai até um dos caixas e coloca créditos num cartão do Food Court, que você pega lá mesmo. Um caixa fica logo na chegada da escada rolante, e geramente tem fila, e o outro fica do lado esquerdo dos restaurantes, e é mais vazio. Você precisa se preocupar em acertar o quanto vai gastar, os créditos duram pra outro dia e eles devolvem o dinheiro se sobrar.

Com o cartão carregado, você escolhe um dos restaurantes. Os cardápios (em inglês e tailandês) ficam na parede e cada prato tem um número. Você diz o número pro atendente e entrega o cartão. Ele passa o cartão, debitando o valor do prato, e você fica lá esperando ficar pronto. É bem rapidinho, e o cara não precisa usar a mão que vai fazer sua comida pra pegar em dinheiro. Ótimo, né!

Toda vez que você usa o cartao sai um recebinho, que também tem seu saldo restante.

Nosso preferido era o Kindee, pois a comida era preparada na hora (há vários que a comida já está pronta, eles só montam seu prato). Além do mais eles usavam pimentas malaguetas secas, e dava pra dar aquela separada estratégica. O nosso preferido, frango com castanha de caju, custava 36 baht. Não era um prato muito grande, mas pra gente era suficiente.

Saindo do restaurante, você pode passar em outro pra pegar um suco ou smoothie, que é viciante. Os talheres (cutlery) ficam perto das mesas. Esquece faca, viu? Lá na Ásia é garfo + colher. Como já vem tudo cortadinho, faca não faz falta.

http://www.bangkok.com/restaurant-dining-experiences/food-courts.htm
http://www.bangkok.com/magazine/siam-center-foodcourt.htm

Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links abaixo
e deixe uma comissão pra gente!

    sleeping-bed-silhouette Escolha seu hotel no melhor site de reservas: Booking.com
    medicine-briefcase-1 Viaje tranquilo com um seguro de saúde: Mondial Assistance
    american-dollar-symbol-1 Peça dólares e euros que eles entregam em casa: Cotação
    sports-car-1 Alugue o carro pra sua road trip: Rent Cars
    park-tickets-couple-1 Compre os ingressos pras melhores atrações: TicketBar

2 comentários sobre “Onde comer bem e (muito) barato em Bangkok

  1. Thiago Yamada

    Oi Camila!
    Ótimo o post, com informações bem detalhadas sobre como funcona os food courts por aqui!
    Eu até que encaro as comidas de rua, mas com estas opções em Bangkok não faz sentido se arriscar, por conta da higiene, falta de cardápio com os preços e em inglês.
    Fomos também nas praças de alimentação dos shoppings MBK Center e Siam Paragon, mas são bem mais caros.
    O food court do Terminal 21 é imperdível, muito barato, mesmo para os padrões tailandeses.
    Só gostaria de acrescentar que em alguns lugares o cartão com os créditos só tem validade no dia. Nestes não é bom se esquecer de devolver o cartão na saída e pegar o troco de volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *