Dicas para emitir passagens com milhas TAM

Post atualizado em 7/7/2014. Desde 31/3/2014, a TAM deixou a Star Alliance e passou a fazer parte da One World. 

Essa semana consegui tirar mais uma passagem com milhas TAM. Eu não entendo porque o povo fala tão mal do programa de fidelidade da TAM. Pra mim ele é excelente, já consegui viajar várias vezes com milhas, principalmente para o exterior. A viagem para NYC, por exemplo, foi com milhas, que eu estava remarcando de uma passagem que tinha tirado pra Europa antes.

Antes que vocês achem estranho alguém falando bem da TAM, esclareço que este post NÃO é patrocinado! 🙂

Atualização em 3/1/2016: Já foi melhor! Atualmente a maioria dos trechos exige uma quantidade muito grande de milhas. 

Mas é claro que eles não vão ter vaga no dia e horário exato que você quer, né? Afinal, eles estão te dando a passagem mas não são uma instituição de caridade. Por isso, as vezes pode ser meio chatinho conseguir fazer o roteiro planejado, mas é possível. Veja as dicas.

1. Multiplus Fidelidade: A primeira coisa que você tem que fazer é criar um cadastro no site da TAM. Para ter acesso ao seu extrato e emitir passagens você também precisa se cadastrar no site da Multiplus, a empresa que cuida do programa de milhagem da TAM e de outras empresas. Você pode usar as milhas para comprar itens no Ponto Frio ou se hospedar nos hotéis da rede Accor, por exemplo. Geralmente os produtos requerem uma grande quantidade de pontos e não valem a pena, mas o que eu já troquei além de passagens TAM foi combustível nos Postos Ipiranga/Texaco. O interessante do combustível é que dá pra trocar menos de 10 mil pontos, então é ideal pra usar naqueles quebradinhos de pontos que estão pra vencer mas não são suficientes para tirar uma passagem aérea.

Pra entrar no site da Multiplus, você precisa do seu CPF e da assinatura eletrônica. E só! Agora emissão com milhas é tudo no site da Multiplus. No site da TAM, você precisa do seu número fidelidade TAM e da assinatura eletrônica. E para emitir passagem você precisa do número fidelidade TAM e da senha de emissão, que você tira no site da Multiplus. Ufa, melhor anotar todos esses números em algum lugar secreto, hein!

2. Star Alliance One World: Tem muita gente que reclama que a TAM não disponibiliza passagens com a quantidade de milhas que anunciam na suas tabelas de resgate. As passagens dentro do Brasil geralmente não passam dos 10 mil pontos da tabela, mas para o exterior é realmente difícil encontrar. Tanto que o Melhores Destinos até anuncia como promoção cada vez que aparece passagem por 20 mil pontos pros EUA.

Mas esse povo esquece que a TAM faz parte de um grupo de empresas aéreas que compartilham os seus programas de milhagem, a Star Alliance One World (em 31/7/2014, a TAM deixou a Star Alliance a passou a fazer parte da One World). Então, se o site da TAM não mostra passagem “barata” a preço de tabela, é porque a TAM não disponibilizou, mas esta pesquisa não inclui as demais companhias da Star Alliance One World. Para pesquisar nestas companhias, você tem que ligar para o Call Center da TAM, não dá pra fazer pelo site. E foi assim que consegui passagem da LAN, da United e da TAP pelos pontos da tabela.

Lembrando que, se você voar em alguma companhia da Star Alliance One World, pode apresentar seu número fidelidade no check-in que os pontos cairão na sua conta TAM.

3. Call Center: Aqui vem a parte mais chata, conseguir ligar pro Call Center da TAM. Se a gente pudesse pesquisar as passagens das parceiras no site, talvez ele não fosse tão congestionado. Fica a dica, TAM!
Nesta parte crucial do processo tenho várias dicas:
– Ligue cedinho, nos demais horários o call center da TAM fica totalmente congestionado.
– Não dá mais pra fazer reserva de passagem com milhas, tem que emitir na hora. Então, tenha certeza antes de ligar!
– Eu não sei como é o sistema de busca de passagens, mas os resultados das pesquisas variam entre os atendentes. Na última passagem que eu tirei, estava falando com uma atendente, aí ela me pediu para digitar a senha de novo e depois disso caí em outra atendente. Esta segunda disse que não tinha passagem, aí eu retruquei: “Ué, mas a atendente anterior me disse que tinha!” Aí ela: “Ah é… Tem mesmo.” E não foi a primeira vez que isso aconteceu. Então, se um disser que não tem, tente de novo no outro dia pelo menos. Vai que o próximo acha…
– Se você está ligando para emitir, entre identificado, isto é, digite seu número fidelidade e sua senha no início do processo. Você vai ter duas tentativas para cada número: se o sistema não te reconhecer, é melhor desligar e começar de novo. Senão, a atendente não vai conseguir emitir sua passagem, vai te mandar de volta para o menu de senhas e você vai ser atendido por outra pessoa. Isto é, vai ter que explicar tudo de novo.

Vale lembrar que a TAM cobra uma taxa de 40 reais para emissão de passagens pelo telefone, o que não acontece na emissão pelo site. Mas, para as parceiras, não tem jeito.

Mas também não adianta você brigar com o atendente porque ele não está procurando direito, as vezes ninguém disponibilizou mesmo assentos naquele trecho com milhas. É aí que entra o seu planejamento antes da ligação e minha dica mais importante: flexibilidade!

4. Seja Flexível com os Destinos: Quando fui pra Patagônia a minha ideia era voltar de El Calafate, mas não conseguia passagem saindo de lá de jeito nenhum. Aí, abri o Google Maps e vi que Punta Arenas tinha aeroporto e dava pra ir de El Calafate pra lá de ônibus (não era tão perto, mas a Patagônia também não tem muitas opções de cidades com aeroportos). Refiz o meu planejamento, e consegui passagem saindo de Punta Arenas.

Sublinhei o “refiz o meu planejamento” porque, mudando a origem/destino da viagem, você vai estar incluindo outra cidade no roteiro, mais deslocamentos e, consequentemente, mais gastos (de tempo e de $$). A minha sugestão é que você desenhe as diferentes opções de roteiro, com as diversas opções de origem/destino, antes mesmo de ligar no Call Center. Se você ligar sem planejar direito e tiver passagem, vai bater aquela ansiedade e você vai acabar emitindo sem pensar direito nas consequências.

5. Seja Flexível com as Datas: Imagino que provavelmente você queira ir sexta e voltar domingo, certo? Sinto muito, não vai rolar. As companhias não vão te dar lugar em vôos que elas conseguem vender os assentos, então, pense em outras possibilidades, como ir quinta e voltar sexta, por exemplo. Sugiro até que você não tenha datas fixas para as férias: se tiver um período para se encaixar, melhor. Se não tiver passagem em uma semana, pode ter na outra.

A minha última viagem foi tão complicada de planejar que eu fiz uma planilha antes de ligar no Call Center, com as possibilidades de ida, quais poderiam ser as datas de volta, quantos dias de viagem e quantos dias de folga eu teria que pedir pro chefe para cada opção. Então, quando a atendente me disse em que dia havia disponibilidade para a ida, eu já sabia quais poderiam ser minhas opções para a volta.

Tabela de opções de datas de viagem (as datas estão no formato americano, por causa do Google Drive)

E, finalmente, a mais difícil para nós, brasileiros, que gostamos de deixar tudo pra última hora:

6. Antecedência: As passagens na América do Sul podem ser emitidas com 3 meses de antecedência e, para outros destinos, com 6 meses podem ser emitidas com um ano de antecedência. Claro que, quanto antes você ligar, mais fácil de achar passagens nos dias e destinos que você quer.

A última é: tenha paciência! O processo pode ser realmente cansativo, mas é uma ótima economia. 🙂

E você, já conseguiu emitir passagens com milhas na TAM ou em outras companhias? Conte suas dicas nos comentários!

Mais dicas sobre emissão de passagens com milhas em: Como ir pra Ásia com milhas… Sem ter o suficiente!


Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links abaixo
e deixe uma comissão pra gente!

    sleeping-bed-silhouette Escolha seu hotel no melhor site de reservas: Booking.com
    medicine-briefcase-1 Viaje tranquilo com um seguro de saúde: Mondial Assistance
    american-dollar-symbol-1 Peça dólares e euros que eles entregam em casa: Cotação
    sports-car-1 Alugue o carro pra sua road trip: Rent Cars
    park-tickets-couple-1 Compre os ingressos pras melhores atrações: TicketBar

35 comentários sobre “Dicas para emitir passagens com milhas TAM

  1. Verinha

    Adorei, Camila ! Um post super útil ! Ta , vou colocar como meta a Pasgonia ou o Atacama com milhas! Acho que consigo juntar até o próximo semestre! Vou compartilhar seu post, pode ?Beijocas

    1. Camila Torres

      Oi Verinha, obrigada pela visita!
      Patagônia vale a pena demais com milhas, pq as passagens de lá são o preço de passagem pra Europa, mas as milhas são a metade 🙂
      Compartilhe a vontade!
      Bjs!

  2. Nós no Mundo

    Oi Camila!!
    Eu sou uma das que sempre critica o programa de milhas da Tam.
    Depois das mudanças das regras do programa, o número de milhas exigida para voar a cada trecho passou a ser aleatório. Em outras palavras, quanto maior a demanda, maior o preço. Sei que essa é a lei universal de mercado, mas os preços que estão cobrando chega a patamares absurdos.
    Quando fui ao Japão, por exemplo, gastei 90.000 milhas Smiles para ir na executiva de Los Angeles a Tóquio e de Tóquio a Lisboa. Na Tam só para fazer o trecho Lisboa-Brasilia na econômica era 100.000!!!!
    Em outras palavras, acho super válido voar de milhas (aliás, sempre faço isso!), mas não gosto das regras do Multiplos da TAM.
    E, de fato, ser flexível com as datas e os regras é uma regra para quem quer viajar de milhas, rsrs.
    Bjs, Anna

    1. Camila Torres

      Oi Anna,
      Realmente, tirar passagem da TAM com milhas é bem difícil. Por isso o jeito é ir com as parceiras!
      Legal você contar a experiência com o Smiles, eu nunca usei pra viagens pro exterior.
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      Bjs,Camila

  3. Caroline Chaves

    Achei seu post mega útil!
    Farei nosso planejamento baseado nas suas dicas e começarei as buscas junto ao Call Center da TAM.
    Assim que tiver sucesso (estou confiante!), volto para compartilhar.
    Valeu!

    1. Camila Torres

      Obrigada pelos elogios, Caroline, fico muito feliz por ter sido útil. E boa sorte na sua ligação para o Call Center 🙂
      Volte pra contar sim, por favor! Quero especialmente saber sobre esta nova taxa.

      Obrigada pela visita!

    1. Camila Torres

      Oi Patricia!
      Que bom que gostou do post, obrigada!
      Pra tirar as passagens com milhas há duas opções: se for um vôo da Tam ou da Lan, na hora de fazer a pesquisa pela passagem vc marca a opção “Utilizar pontos Multiplus?”. Aí, ao invés de te mostrar o preço em reais, ele vai te mostrar a quantidade de milhas necessárias.
      Se a passagem for por uma parceira, a quantidade de milhas é fixa, e pode ser consultada na tabela “2.b. Pontuação de resgate em vôos em Alliança” na página:
      http://www.tam.com.br/b2c/vgn/v/index.jsp?vgnextoid=7b6bc0a39c7fc310VgnVCM1000009508020aRCRD&utm_source=tam.com.br&utm_medium=FriendlyURL_PT&utm_campaign=novidades_tam_fidelidade

      Espero ter ajudado, volte sempre!
      Camila

    1. Camila Torres

      Olá Monica,
      Nunca vendi milhas porque, fazendo as contas, o dinheiro da venda geralmente não dá pra comprar a passagem. E como tenho sempre uma viagem a vista, não deixo as milhas vencerem. 🙂
      Obrigada pela visita!
      Camila

  4. Fábio Pastorello

    Ótimas dicas, Camila. Adorei o post, mas na realidade sofro só de pensar de ligar para o Call Center. Mas para as companhias da Star Alliance, não tem jeito. Aliás, a partir de março, adeus Star Alliance e OneWorld no pedaço. Abraços.

    1. Camila Torres

      Oi Fábio,
      Obrigada pela visita, seu blog é o máximo 🙂
      É meio cansativo ligar mesmo, mas no fim acaba dando certo.
      E tinha me esquecido desta história da One World ! Vou ter que mudar minha viagem marcada pra fevereiro, já vou ver quais serão minhas possibilidades.
      Obrigada pela visita!
      Camila

    1. Camila Torres

      Oi Bruno,
      Com certeza dá pra ir pro Canadá ! Dá uma ligadinha no Call Center da TAM pra verificar a disponibilidade pras datas que você precisa. E boa sorte!
      Obrigada pela visita, e volte sempre. 🙂
      Camila

  5. Alexander Stahlhoefer

    Olá Camila,

    Excelente post, esclareceu muitas dúvidas. Gostaria de saber se é possivel emitir um trecho internacional com milhas e o outro pagar com cartão. No site da TAM é impossível, será que no Call Center eles oferecem tal opção.
    Obrigado!

    1. Camila Torres

      Oi Alexander,
      Nunca emiti assim, mas acredito que no Call Center há maior flexibilidade, pois o atendente pode fazer duas reservas.
      Se conseguir, volte aqui pra me contar?

      []s!
      Camila

    1. Camila Torres

      Oi Odilavo,
      A menor quantidade para o exterior são 15 mil pontos para a América do Sul, então ida e volta para duas pessoas seriam 60 mil pontos. Mas fique de olho nas promoções, que as vezes a TAM e a Gol liberam por menos.
      Boa viagem e obrigada pela visita!
      Camila

    2. Marília Maciel

      Eu viajei com meu esposo e outro casal em setembro do ano passado para montevidéu e buenos aires com milhas. Paguei, em cada trecho, 10000 pontos, e o melhor, saindo de João Pessoa (minha cidade).

    1. Camila Torres

      Olá Hudson,
      Com as companhias parceiras são 35 mil pontos, conforme a tabela no site da TAM. Ligue para o Call Center para conferir a disponibilidade, não dá pra ver das parceiras no site.
      Obrigada pela visita!
      Camila

  6. Lenira Lacerda

    Oi Camila! gostei demais do seu post… muito esclarecedor pra quem esta iniciando. Eu estou pensando e tentando entender porque a Tam (por meio do Call center) teria interesse em procurar ,para o passageiro, um jeito dele voar com menor numero de ponto .. sera que entendi corretamente? se meus pontos no Multiplus nao sao suficientes pra uma viagem internacional, devo ligar pra Tam para a atendente verificar se uma associada dela exige menor numero. É isso ? obrigada!

    1. Camila Torres

      Oi Lenira!

      Mais ou menos… É que no site da TAM só aparecem as passagens de vôos da TAM e da LAN. Nestes casos, a TAM oferece pela quantidade de pontos que ela quiser. Você pode encontrar Brasilia-São Paulo por 5 mil, 10 mil, 20 mil.

      Já as passagens das parceiras da One World não tem variação de pontos, são sempre os pontos da tabela. Mas estas não aparecem no site, você só pode emitir pelo telefone.

      Então, não adianta ligar no Call Center se você não tiver os pontos exigidos na tabela para o trecho, porque você não vai achar vôos com as companias parceiras por menos que isso.

      Se restar alguma dúvida, escreva novamente!

      Obrigada pela visita!

      []s,
      Camila

    2. Lenira Lacerda

      Camila, obrigada pela pronta resposta. Pela tabela da TAM uma passagem pra Europa custa 40.000 pontos. Porem, quando liguei pro call center (para me informar a respeito de tudo isso…..), ela me disse que naquele dia o preco era 75.000 pontos por pessoa !!!. mas que poderia baixar o valor nos proximos dias. Quando voce diz que nem preciso ligar pra tam caso nao tenha o numero de pontos exigido, voce se refere á tabela da tam mesmo? ou das associadas? Se for das associadas tenho que ver uma por uma?? obrigada mais uma vez

    3. Camila Torres

      Oi Lenira,
      Estou me referindo à tabela “Classe Econômica”, na seção “Resgate em voos aliança”, desta página aqui: http://www.tam.com.br/b2c/vgn/v/index.jsp?vgnextoid=3f676ae6fd4a4310VgnVCM1000009508020aRCRD#
      É a quantidade de pontos necessários para voar com as parceiras. É uma quantidade fixa para qualquer das parceiras da One World.
      Se só há passagens por mais que isso, é porque não há passagens das parceiras disponíveis para esse dia, só da TAM mesmo, que tem o preço livre.
      E é bem isso que a atendente disse, podem aparecer passagens de um dia para o outro. Tem que ter paciência e perseverança!

      Espero ter esclarecido. Boa sorte!

      []s
      Camila

  7. Anonymous

    Olá Camila, ótimo post! Muito bem explicado..
    Só não consegui entender uma coisa… Pra emitir passagens com milhas, a taxa de embarque está inclusa na milhagem ou é paga à parte?

    Ass. Giovana

    Obrigada!

  8. Jose Carlos

    Camila, td bem? Estou com a seguinte dúvida- a qtidade de pontos (milhas) que eu vou pagar ao emitir uma passagem internacional será a qtdade da parceira (american) ou da Latam? Não entendi qdo vc diz que as parceiras tem pontuação fixa e a Latam pontuação livre. Abç

    1. Camila Torres Autor da Postagem

      Oi José Carlos,

      Depende de qual empresa você for viajar. Quando você liga no Call Center, eles te dão a opção tanto de voos Latam (os que aparecem no site da Multiplus), quanto os das parceiras (que só dá pra consultar pelo telefone).
      Dá uma olhada no site: https://www.latam.com/pt_br/latam-fidelidade/como-usar-os-pontos/voos-em-todo-o-mundo/#
      Você vai ver que eles têm duas tabelas, uma para voos Latam, que é uma faixa de valores, e outra para companhias parceiras, com quantidade fixa dependendo da origem e do destino.
      Espero ter esclarecido, se ficar alguma dúvida volte!

      []s
      Camila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *