Roteiro Magnético em Nova York, parte 1: Museus

Série Roteiros Magnéticos: lista dos nossos passeios no destino, para você se inspirar
FICHA TÉCNICA

Período: 24/12/2012 a 03/12/2012
Hotel:
 Verve Hotel – em Long Island (resenha aqui)
Transporte na cidade: Metrô
Atração inesquecível: Top of the Rock (difícil escolher!)
Loja show: DSW (Designer Shoes Warehouse)
Programa surpreendente: Assistir a um jogo do NY Knicks

Ficamos 9 dias em Nova York, então desta vez o Roteiro Magnético é bem extenso. Estou até meio perdida por onde começar! Achei melhor dividir em partes para facilitar tanto a minha escrita quanto a leitura de vocês.

Decidi começar por atrações incríveis de NYC que são desprezadas pela maioria dos turistas brasileiros: museus! Era engraçado: em qualquer loja que eu entrava tinha algum brasileiro, mas nos museus não encontrei nenhum. É uma pena, com tanta coisa legal pra ver… Neste post, vou listar os que visitei (saiba que há muito mais) e comentar o que mais gostei em cada um. Espero que este roteiro inspire alguém!

The Metropolitan Museum of Art: O Met é um dos maiores museus do mundo, e conta a história da arte de povos de cada um dos quatro cantos. Ficamos lá o dia todo e não conseguimos ver nem a metade. Foi tanta coisa interessante que fiz um Roteiro Magnético sobre a nossa visita no Met, que já é um campeão de acessos o/.

O Templo de Dendur, na ala de Arte Egípcia do Metropolitan Museum of Art.

O esqueleto do T-Rex, no Museu Americano de História Natural.


 

American Museum of Natural History (Museu Americano de História Natural): Eu nem acho muita graça em ver bicho em vitrine de museu, prefiro ver eles vivinhos no Zoológico. Mas o AMNH tem muito mais que isso: mistérios do universo, meteoritos, fósseis de dinossauros e objetos dos diversos povo do planeta. Tanta coisa que tem um post só pra ele aqui.

The Museum of Modern Art – MoMa (Museu de Arte Moderna): Eu fui pro MoMa com o objetivo principal de ver uma das obras primas de Picasso, Les Demoiselles d’Avignon, e de Salvador Dalí, A Persistência da Memória. Para minha decepção, o Dalí estava emprestado para uma exposição em Paris, mas em compensação, estava tendo uma exposição fantástica sobre Edward Munch, com a exibição do famosíssimo “O Grito”! Além disso, pude ver outras maravilhas como A Noite Estrelada, de Van Gogh, A Dança, de Matisse, Eu e a Vila, de Marc Chagall. E tem muito mais!

Um museu maravilhoso pros amantes da arte moderna.

 
 

Van Gogh – Picasso – Munch – Chagall


Solomon R. Guggenheim Museum: Este museu fica pertinho do Metropolitan e vale a pena a visita nem que seja só até o saguão, para ver a bela arquitetura do prédio. A galeria circular é imensa, mas você vai andando e nem percebe, bem legal.

Visitamos o Guggenheim para ver a exposição Picasso Black and White, apenas com trabalhos em preto e branco dele. Gostamos muitíssimo, as obras eras muito especiais e foi uma oportunidade única de ver várias delas, que pertencem a acervos particulares.

O Guggenheim é um museu pequeno, então uma grande parte do seu acervo não estava disponível por causa da exposição. Verifique a programação do museu quando estiver em NY, eles têm sempre exposições interessantes.

 

 

INTREPID Sea, Air & Space Museum (Museu marítimo e aeroespacial Intrepid): Este museu eu visitei em março de 2011. Não deu pra ir de novo em novembro de 2012 por causa dos estragos causados pela tempestade Sandy, mas agora já está tudo recuperado.

Este museu chama a atenção dos meninos, principalmente. O Intrepid é um porta aviões americano que, por si só, já vale a visita. Além dele, tem muito mais pra conhecer: um submarino, aviões de guerra (F-14, F-16, Mig, Harrier), helicópteros, um Blackbird (avião espião), um Concorde e até um ônibus espacial, que chegou depois da minha visita e deve ser o máximo.

 

 
Porta aviões Intrepid; Submarino; Interior do Submarino; Helicóptero Cobra; Concorde


Ah, não posso me esquecer do mini museu que encontramos dentro da Grand Central que tinha um guarda super simpático, querendo aprender “Boa Noite” em português:

New York Transit Museum Gallery Annex & Store at Grand Central Terminal: Este mini museu do metrô de NYC fica dentro da estação Grand Central, e acabamos encontrando por acaso. Lá tem uma maquete de ferromodelismo bem legal, e uma loja com souvenires do metrô, como camisetas e guarda-chuvas com estampas do mapa das linhas, por exemplo. A matriz do museu do metrô fica no Brooklyn, mas não fomos. Veja no site as informações se quiser visitar.

 

 

E você, o que conta sobre os museus de NYC? Compartilhe suas dicas nos comentários!

Veja tudo sobre Nova York no Colecionando Ímãs em: Nova York – Índice de Posts.


Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links abaixo
e deixe uma comissão pra gente!

    sleeping-bed-silhouette Escolha seu hotel no melhor site de reservas: Booking.com
    medicine-briefcase-1 Viaje tranquilo com um seguro de saúde: Mondial Assistance
    american-dollar-symbol-1 Peça dólares e euros que eles entregam em casa: Cotação
    sports-car-1 Alugue o carro pra sua road trip: Rent Cars
    park-tickets-couple-1 Compre os ingressos pras melhores atrações: TicketBar

2 comentários sobre “Roteiro Magnético em Nova York, parte 1: Museus

  1. Bruno Paz

    O museu INTREPID é muito legal para quem gosta de aviões de guerra!

    Tem caças mais modernos(F-14 do filme TopGun, F-16 do filme “Águia de Aço”, AV-8B Harrier do filme “True Lies”). Tem, também, caças mais antigos, como Mig-15 e Mig-21, além de helicópteros (Cobra, Huey) e aviões anti-submarino (Grumman S-2 Tracker).

    Dentro do convés (andar de baixo), você vê outros caças e helicópteros, como os caças A-4 Skyhawk, mísseis de diversos tipos, simuladores de vôos com cabines em tamanho real e muito mais.

    Parabéns pelo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *