Planejando uma viagem à Rússia

 

Acabamos de chegar de uma grande viagem por Portugal, Espanha e Rússia. “Rússia?” – perguntou o chefe – “Você tem parente lá?”. Não, chefe, não tenho… Não é uma viagem muito comum, parece que é tão longe, né? Mas a Rússia era um dos itens da minha bucket list viajante: queria pisar na Praça Vermelha e explorar o Hermitage, um dos grandes museus do mundo.

Não conhecia ninguém que tinha ido, e o país não é dos mais receptivos para turistas estrangeiros, exigindo visto de entrada para cidadãos europeus e americanos, por exemplo (brasileiros são isentos). Então, estudei bastante coisa, aprendi outras por lá mesmo, e este post é pra contar por onde começar.

Meu primeiro passo foi o Viaje na Viagem, como sempre. O Riq nunca esteve na Rússia, mas recomendou vários blogs de quem já esteve. O que me ajudou muito no começo do planejamento foi o Arquivo de Viagens, da Luiza, que alugou um carro e passou por várias cidades russas na sua viagem. Ela é doida por um Patrimônio da Humanidade 🙂

Vendo a viagem da Luiza escolhi ficar apenas nas duas principais, São Petersburgo e Moscou. Aí comprei o guia do Fodor’s, em inglês, pela internet. Ele é meio chato de ler porque não tem foto nenhuma… Também não tinha algumas atrações, como os Museus Militares de Moscou e o Museu sobre o Cerco de Leningrado (acho que o pessoal lá não gosta muito de guerra). Mas suas descrições foram úteis durante nossos passeios.

Outras fontes de consulta foram:

LuRussa: a Lu morou em São Petersburgo entre 2001 e 2006, e voltou lá em 2012 pra visitar os amigos. Os relatos sobre a vida lá são interessantíssimos, e as dicas sobre comida foram especialmente esclarecedoras. Experimentei tudo que ela tinha sugerido: chocolate, sorvete, iogurte, crepe, sopa, panqueca, ravioli, na versão russa, claro! Viciamos no Teremok, que ela tinha indicado.

Falando Russo: O blog é escrito por um brasileiro apaixonado pela Rússia e tudo que é relacionado à ela: língua, cultura, política e, claro, destinos de viagem. Tem de tudo um pouco por lá.

Viajar e Pensar: se seu sonho de viagem inclui paisagens lindas e muita aventura, dê uma olhada na viagem do Gus Belli na Transiberiana. Ele também dá sua opinião sobre a melhor época pra viajar e a viagem de trem noturno entre Moscou e São Petersburgo.

Mochileiros: o Digobora aproveitou uma promoção do Melhores Destinos e deixou um relato divertidíssimo, dá pra pegar várias dicas lá.

Guias em PDF: baixamos os guias “In Your Pocket” (em inglês) para Moscou e São Petersburgo. O legal deles é que são superatualizados, com dicas de restaurantes, espetáculos e atrações.

Dá trabalho, mas devo dizer que a viagem foi maravilhosa, e valeu muita a pena todo o estudo!

Uma dica de economia é a carteirinha de estudante internacional. Aqui em Brasília quem faz curso de idiomas pode tirar carteirinha, mas nem me preocupei em fazer a da ISIC porque na Europa o desconto sempre é vinculado à sua idade também (até 26 anos). E não é que lá na Rússia TODAS as atrações tinham um descontão pra estudante, sem limite de idade? O Hermitage, inclusive, é grátis! Passava raiva a cada plaquinha de desconto. Então, se você é estudante, leve a sua carteirinha!

Pra finalizar, um conselho pras ciumentas… Se você quer matar o seu namorado/marido cada vez que ele torce o pescoço pra alguma que passa por aí, não vá. Você vai passar raiva o dia todo, as mulheres de lá são realmente lindas. É só Gisele Bundchen passando na rua, impressionante. O Gui nem tinha olhos pra mim enquanto estávamos lá, mas o meu consolo era que elas também não estavam nem aí pra ele! 🙂

Segredinho: tem muito cara lindo também. 😉

E o melhor até agora: este é só o começo da série de posts sobre a Russia.

Conhece a Rússia? Tem mais alguma dica de planejamento pra compartilhar? Compartilhe por aqui!

Veja tudo sobre a Rússia no Colecionando Ímãs em: Rússia – Índice de Posts.

Faça suas reservas com nossos parceiros pelos links abaixo
e deixe uma comissão pra gente!

    sleeping-bed-silhouette Escolha seu hotel no melhor site de reservas: Booking.com
    medicine-briefcase-1 Viaje tranquilo com um seguro de saúde: Mondial Assistance
    american-dollar-symbol-1 Peça dólares e euros que eles entregam em casa: Cotação
    sports-car-1 Alugue o carro pra sua road trip: Rent Cars
    park-tickets-couple-1 Compre os ingressos pras melhores atrações: TicketBar

7 comentários sobre “Planejando uma viagem à Rússia

  1. Fernanda Scafi

    Nossa, já conhecia seu blog mas sei lá pq não tinha colocado ainda no meu feedly. Pronto, erro consertado! Vou ler agora alguns posts da Rússia, afinal estou há anos desejando uma viagem pra lá rs

  2. Analuiza (Espiando Pelo Mundo)

    Olá Camila… Eu visitei a Rússia também (e só a Rússia) – fiquei 15 dias no país e passei por Moscou, Petersburgo, Omsk e Tomsk (Sibéria). Eu fui muito, muito bem recebida nas quatro cidades e voltei absolutamente encantada pelo país.

    Como você, eu tive receios antes de ir, porque não conhecia ninguém que já houvesse visitado a Rússia, não conheço ninguém que more lá e ainda cresci durante a Guerra Fria.

    Achei o país, apesar da dificuldade do idioma, muito receptivo aos estrangeiros.

    Vou ler os outros textos para descobrir suas percepções a respeito do que você viu.

    Ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *